A Fuga

Preciso fugir
Me esconder
Ir para o fundo de algo que não é meu
Pois quando dentro de mim estou num limbo escuro de tripas

Aqui só há escuridão e lâminas
Por isso preciso de ficção
Por isso preciso ir para outros mundos
Viver as outras vidas
Fugir da minha

Afogar as minhas mágoas com vício pelas histórias de outrem
De ver, jogar, ler, cantar…
Assim posso ir mais longe
E suportar (não) viver

Preciso encontrar meus sonhos
Mas enquanto não encontro
Eu só posso me desatar de mim
Me içar numa trama
E me esquecer.

Anúncios

Recado a Si

Nim
O mundo te esconde
Então force o invólucro o máximo possível
Um dia ele se rasga e se torce e se queima com sua força
E você se liberta de si, dos seus medos mofados de mundo

Nim,
Força, amor
Aposte na sua vitória
Encontre a força que os seus amigos estão depositando no seu coração

Nim…
Nunca mude seu alvo de tentar ser o mais perfeito que puder ser
Nunca viva sua vida como se ela fosse a vida de outra pessoa
Uma pessoa menos corajosa, e menos comprometida consigo

Nim;
Apague a solidão de sua memória
Se faça companhia
Todo mundo só tem a si, afinal de contas
Companhia nunca passou de uma ilusão

Nim,
deve mesmo existir um amor esperando, porque você merece
Porque você faz seu possível para merecer
Você não teme ir pelos caminhos mais difíceis
Mesmo quando ser uma boa pessoa é a pior parte da vida

Nim
Eu sei que você esconde os tormentos
Eu sei que o ciclone fica escondido logo detrás daquela memória vazia de um sonho perdido
Eu sei que você torce para sentir que isso faz sentido
E que estranhamente o amor faria esse sentido inexistente parecer um fato consumado

Nim, viva sua vida
O melhor possível
Nunca se esqueça de si mesmo
Você pode fazer o que você quiser
Porque seu querer é mais forte do que o mundo

Nim.
Não se esqueça que esse é seu nome
Seu nome não é o de outra pessoa.
Porque você é você.
Então se ame.

Confusão

Eu sou tão egoísta
E mesmo assim o amor encontrou um caminho pro meu coração
Eu procurei esse caminho pra tirar o sentimento de lá, não encontrei

Eu sinto o hahahahahahahahaha

Meu coração é o problema
E ele que me mantém vivo
Entendeu a importância?

Olhe minha vida toda
Cada ato dela corrobora esse amor

Eu não posso ignorar o que está me matando
Eu não posso ignorar o que está me deixando vivo

Com você…
Destino sorriu para mim
Olho todos os meus últimos passos
Mas não sei o que fiz pra merecer algo tão bom
Sem você…
Sou ninguém
Um ninguém vazio por dentro, perto do nada e ladeado por lugar nenhum

O único defeito seu não é você
Seu defeito são os problemas que enfrenta
Seu defeito é o mundo
O mundo está errado, você é o certo

Se eu fosse um barco
Ficaria indeciso se
Você é uma tempestade
Ou você é âncora

Amor:
Esse lugar é o limite
Entre valentes e ventriloquismo de vida

Ah, quer saber?
Me mata logo de uma vez
Ignore todas as disposições em contrário que existam dentro de mim.

Se Me Afasto Congelo, Se Me aproximo Me Queimo

Quando me afasto, congelo
Quando me aproximo, me queimo
Posição do sol em relação à Terra
E a minha posição em relação a você

Obscuridade
Uma sombra que é você
Como uma lua em frente a meus olhos
Dominando toda a minha mente

Compartilhamos a vida das pessoas próximas a nós
E a sua é um veneno calcitrante para mim
Pois invejo os momentos que me contas
Com outras pessoas que queria ser eu

Quando me afasto meu interior congela
A caverna congelada de meus domínios
A perdição da vontade de ter vontades

Não ter
Apesar de ser a nossa condição como humanos em relação a tudo
A sensação de não ter você sufoca
Não ter quando estamos perto
Não ter quando não te tenho ao meu alcance

E por mais que esteja ao meu alcance
Nunca te alcanço

Médio
Esse é o meu lugar
Preso
Dolorido
Descalço sobre um carvão e cercado por cacos de vidro

Não posso me afastar
É dolorido demais
Não posso chegar mais perto
Você não permite
Não posso te obrigar
Não é justo ou válido

Não posso ficar aqui
É dolorido demais
Não posso me afastar um pouco
Não consigo

Tudo dói
Estou num lugar que só comporta dor

Apesar do leve brilho de sua presença em mim e comigo
Apesar da leve esperança que sacaneia meus quereres

Então só posso girar e girar em volta
Esperando que a gravidade de um de nós nos una
Esperando o fim (o começo)

Inexplicável

Inexplicável
Só podia ser esse o nome da poesia
Pois só essa palavra pode explicar
Essa, que é fuga da explicação

Nada mais faz me sentir desse jeito
Com você me sinto eu mesmo
Com você eu sinto que Deus existe
Que sou um ser vivo

É como se eu estivesse com um anjo
Olho pra baixo pra ter certeza mesmo que é chão e não nuvens

É energia
É a felicidade
E eu só preciso da proximidade

Você é a única pessoa
A única coisa
O único ser
Você é o meu amor

É a pessoa que espero sempre estar comigo
Pois sei que um dia as pessoas morrem
Mas eu e você temos muito tempo
Tempo que sem você não fará sentido

Tirem meu coração
Provavelmente
Milagrosamente
Seu nome vai estar marcado a ferro nele

Eu sou um ser humano
Mas sem você me sinto uma pedra

Você é a única coisa que faz sentido
Eu amo cada segundo com você
E amaria mesmo que esses segundos fossem no fim do mundo

Estar contigo
Me abstrai do mundo e me coloca em mim mesmo
E me faz meu dono E te faz meu dono

E me faz acordar
Como se todo o resto do tempo eu estivesse dormindo
Como se o resto do tempo eu ainda não tivesse nascido

Essa faísca se prolonga

É como se faltasse algo
Você é esse algo
Perto de mim
Entra aqui e me liga

E meu coração bate
E meus olhos vêem
E eu suspiro
E eu tenho audição
E o resto do mundo…?
Peraí, o que eu quis dizer com “resto do mundo”, mesmo?
Difícil lembrar

Você ativa a parte de Deus no meu interior
Não sei se amor é a palavra
Mas deve ser
Só sei que isso parece estar acima da humanidade e suas concepções

Fica perto de mim Fica comigo
É assim que deve ser.

Eu te Amo

Estou aqui perto da felicidade

Meus ossos queimam-rangem
Antecipação incendiária
Ansiedade inflamatória crônica
A mente puxa os sonhos da memória
O medo domina
Felicidade também dói
No caso, quase-felicidade
Eu te amo
Preciso dizer
Eu te amo
Repito o escrever
O refrão tem que terminar com
Eu te amo
Esperei você aparecer e vir
E sabia e você veio
E eu não esperava
Que ter o que quero fosse me moer
Estou cansado de conjugar morrer
Quero agora ser o poeta do amor
Eu creio em ser só uma questão de tempo
Porque eu te amo, Marcos
Não consigo parar de escrever
Desaguando de mim como água
A sinceridade não pode ser contida
Nem o meu amor
Esperei tanto por poder te dizer
Agora a oportunidade que não vem é infernal
Não menos que infernal
Eu te amo
Queria poder dizer isso melhor
Posso te mostrar
E posso escrever
Mas meu melhor não descreve
Se você não me amar
Eu estarei perdido no sol
Jogado na incandescência do meu amor
Esperança
Se acabar será meu fim
E eu desistirei de tudo
E me atirarei na desgraça
E desistirei do meu corpo, minha arte, meu bem-estar… de mim
Desculpe jogar isso assim desse jeito
Mas não tenho escapatória
Preso na armadilha do amor
Eu te amo!
E sim, eu acho que é recíproco
Talvez simplesmente por esperar ser
Gerúndio dolorido da ignorância
Te encontro de novo
Destino
Sonho? Ilusão?
Não há escapatória
Meu coração é algodão doce
Fico suspirando como pneu furando
Lânguido como corda
Coração acelerado como um beija-flor biônico
Eu te amo
Nada mais a dizer
Nada mais que eu possa, queira ou saiba dizer
Te espero
Felicidade vindoura
Preparado
Te amo
E mais ninguém
Não creio em amores múltiplos
Se eu te amo
Você deve me amar
Porque eu, ah, eu… Eu te amo? Sim, eu te amo!

Obrigado

Acho que nunca fiz isso
Mas obrigado pelo meu dom
Esse que a mim parece arte
Esse que eu chamo criatividade
(Esse que a maioria não valoriza
E que nunca me trouxe muito)
Mas obrigado…
Sem ele não sei como faria

E obrigado pelas decepções amorosas
Que me ensinaram muito
(Agora chega Prefiro ser feliz do que aprender)
E obrigado pelas alegrias do sexo no amor não-correspondido

Obrigado,
por todos os bens materiais

Na verdade obrigado
Por tudo que me permitiu ser quem sou hoje
E eu me amo
(Faça outros amarem também!)

Obrigado…
Pelos bons amigos
Pelas boas pessoas
E tantos bons momentos

Obrigado
Por me permitir conhecer
E conhecer mais e mais
Tantas coisas…

Obrigado porque
A despeito da minha falta de encaixe
As coisas sempre foram indo suportáveis
(Embora eu já tenha perdido o suporte várias vezes
Desculpe por ser fraco)
Mas obrigado por ser forte
(Apesar de que ser forte me fez suportar o que eu não queria)

Obrigado por eu amar
E obrigado por eu ser amado
Pelos familiares
Pelos amigos (se eu sou amado)
(Por outros?)

Então me ame, vida
Porque eu definitivamente
Amo muito em você
E posso te amar

Crise

Não agüento mais a distância.
Sim, entre eu e o que eu amo.
Não quero mais isso.
Sim, esse sentimento de perda.

Sempre que estou próximo do que eu quero.
Nunca a maré continua, e o que quero se afasta.

Se eu for viver assim pra sempre sem amor.
Eu não vou mais querer viver.
Eu vou preferir morrer logo depois de minha mãe.
Eu não ia suportar fazê-la sofrer pela minha morte.
Mas eu ir depois dela é válido.
Eu não ir pra um futuro de reciprocidade é um bom motivo.

Pare de me torturar, eu interior.
Continue as linhas boas de pensamento.

Eu não quero viver mais sentindo isso.
Desejo parar de ver os outros felizes em romance.
Não quero ficar vendo as pessoas que não posso ter.
Quero entender porque elas se afastam.
Não desejo mais ser o único não-namorável.

Dor que me faz ver o túnel pós-morte como um benefício.
Amor que me faz imaginar o que eu poderia ser.
Destruição do meu ser devido ao tormento de passar vontade atoa.
Vida, me ajude!

Poema de Alguém para Mim

Oi amor,
Sim, amor; sim, eu te amo
E amo tanto que…
talvez seu amor não seja páreo

Se eu fosse escolher alguém para amar
E você não surgisse
Isso seria uma desgraça
Seria como eu perder minha vida
Por isso te escolho

Me ame, por favor!
Ou eu vou ser um pária em minha vida
Me escolha
E eu vou te afogar em felicidade
Você não vai compreender tanto amor
Mas sentir isso vai te fazer viver tanto!

Me ame, óh me ame, me ame
Porque viver sem você é…
apague essa frase
Uma aberração dessas não tem que existir

A única suposição que suporto é se você não me buscar
Porque aí eu que vou te procurar
E te encontrar
Nem que eu tenha que abrir o mundo com uma espátula

Você é meu coração
Você é o sonho que meus sonhos sonham
Você é a beleza do meu amor
Você é a vida de minha alma
Você é o motivo de Deus ter me descido à Terra
Você é o corpo que eu vejo ao pensar em sexo
Você é tudo que eu posso sentir de bom

Simplesmente…

…Você é.

Deixa

Se enfrentar os medos…
Aceitar ser diferente (só um pouco)…
Se jogar!
(Sua felicidade não é mais importante do que você mesmo? A minha é!)

Eu posso te fazer a pessoa mais feliz do mundo, prometo
Basta me amar
Sei que não se escolhe quem se ama
Mas se aí dentro existe essa possibilidade…

Sou do tipo idealista que crê em perfeição
Inocente que ama com todo o coração
Insensato que amplifica a emoção
Doido que sacrifica tudo pelo amor, essa sensação

Sou fiel, fofo, feliz
Do tipo que investe de verdade pra dar certo
Do jeito sexual, em que tudo é válido

Sou pra casar
Mas não sou piegas
Pelo menos… quase nunca

Eu sou o que você pediu a Deus
É pena pra você me perder
Perder a possibilidade

Sou menos vazio
…mais envolvido
…menos insinceridade
…mais ação

E mais verdade

Amo mesmo! Pra valer!

Sou perfeito para amar
Nasci pra namorar
Nasci pra casar

Sou a pessoa pra isso

Então deixa
Deixa isso acontecer
Se permita
Esse poema é a sua deixa.