Anjos Entre Nós

Eu andei até aqui

E olho agora meu passado

Eu sei que tenho tomado caminhos errôneos

agora quero dizer uma coisa

é sobre

todas as divinas coias que acontecem

e como a vida é não tão má

talvez as crianças estejam certas e talvez

hajam anjos entre nós

anjos entre nós

anjos etre nós

você não vê

familiares, as crianças, o amor

e você não pode se esquecer que viver é uma maneira de você ser

melhor do que é

gelo queimando dentro de mim

você pode ver pelos meus olhos

o fogo que meu coração tem significa minha própria liberdade

e eu não posso

não posso desistir de todos os sonhos que quis todo esse tempo

eu rezo para os

anjos entre nós

anjos, anjos, anjos, anjos

sonhos que são tão doces

que você simplesmente não pode desistir deles

apenas cuide de sua crença

há pessoas entre nós

Deus está dentro de nós

medos vivem em nós

você não vê

sinceridade nos amigos, e o amor e os significados e

o melhor que eles são

você não pode ser

sinceramente um bom amigo, não um traídor

e tentar amar como puder

e esquecer que a vida é só um caminho

pra você saber quem é

se encontre

é tempo

há anjos entre nós

anjos entre nós

você não pode esquecer

que há anjos entre nós

Anúncios

Prisão

Eu estou aqui nesta prisão

que é meu corpo. Não consigo sair.

É feia, apertada, machuca, fere, dói.

É cheia de pedrinhas no chão,

e a aparência dói no coração.

O této é baixo e a parede corta.

A cama é de espetos e torta.

Para sair não tem porta.

Antes de ser preso entreguei cópias das chaves a certas pessoas.

Todas foram embora e me esqueceram aqui.

É solitário, ninguém me encontra.

É cheio de monstros que me estão enlouquecendo.

Mas é meu corpo, não posso sair.

Às vezes alguém me visita, fala comigo e vai embora,

sem me soltar.alguém percebe meu sofrimento, fala, não me deixa chorar

sem me soltar porém.

Isso pouco a pouco está afastando todos de mim.

Eu vejo todos indo embora e não posso fazer nada.

Isso está fragilizando minha alma e eu

não consig sair.

Esou me machucando.

Às vezes eu choro por qualquer coisa.

E quase sempre sem motivos.

Eu preciso sair e brilhar.

Esse lugar é pequeno e eu me sinto grande.

isso vai me matar.

Minha alma vai morrer de fome.

Tudo me consome.

É solitário aqui.

Vou me tornar uma pessoa fria e frívola.

E eu não quero isso.

Mas é culpa dessa prisão, deste lugar

Indo assim onde vou parar?

Penso até em suicído

e assim paro com esse himicídio lento.

Eu quero explodir e fugir, não consigo.

É mais forte do que eu.

E os que têm a chave não vêm me livrar, me esquecem.

E os que não tem a chave

e podriam forçar e me livrar

não percebem, ou fingem.

E eu fico aqui, preso em mim mesmo.

Não como uma pessoa,

mas como algo entre a vida e a morte.

Não me sinto vivo, nem sequer me sinto qualquer coisa.

16/08/2004

Esperança

Pense que sonhos são possíveis
Desenhe os seus
Que esse desenho seja o espelho de sua alma
Agora apague-o
Você está errado
Sonhos morrem.

Esperança é nunca desistir de algo
Esperar
Se se espera não acontece
Esperança é esperar algo inalcansável

Dor só é conhecida no amor
Desistir é acetar morrer
Estou desistindo agora
As lágrimas caem e molham o não
Antes impensável agora já imaginável
O não me consome

Tudo que eu queria e esperava ouvir
Agora esquecer
Tudo que eu podia dar ao mundo
Descobri não ser possível para minhas forças
Tudo que esperam de mim é falho
E tudo que o mundo podia me dar morreu

Morreu no momento em que aceitei não ser feliz
Sou agora apenas uma esperança que de lutar cansou
E de esperançar desistiu

Um dia eu sei, eu vou cair
Já por muito esperei esse dia
Pois já não agüentava esperar
Agora sinto minha dor me derrubar

Escrever é meu desabafo
Dor é meu castigo por desistir
Esquecer me é impossível

Leia nos meus olhos o amor
Verá que cansei de esperá-lo
Serei infeliz e sei e não mais importa

Nunca me foi possível amar e ser amado
Não me foi possibilitado o dom de despertar amigos
Não tenho nada de mais
Nem de mau
Mas bons também sofrem

Não peço mais nada
Mortos não pedem jamais
Não nego mais a mim a falha da crença
Não desejo mais sabedoria dos sentimentos de ninguém por mim
Nem quero desesperadamente terminar escritor
Nem quero terminar bem
Me conformo em terminar
E que não demore
Não, já não espero mais nada

Mas ainda tenho a tal maldita esperança, e dolorosa
Maldição!, eu quero ser salvo.

2005 Poesy’ PJr

Doce choro

Salgadas lágrimas

Salgados sentimentos

Repito em coro e lástimas

Meus tormentos

Linda face

Vontade de acariciar sua mão

Quieto, calmo

Repito o empasse, infelizmente para mim esse amor não

Não me acalmo

Amor só

Sem reciprocidade

Em prantos

Repito o nó, nada em nenhuma idade

Peço ti a todos os santos

Quero amor

Sou apaixonado

Nunca vou saber

Repito: se me amará ou será sempre só dor, estou ilusionado

Prefiro me ilusionar que um dia vai acontecer

uma poesia

Meus olhos brilham

Nunca porém encontrarão os seus

Repito que nem sei o que neles lia, sei que me acalmam

Quero que sejam meus

Talvez importe

Não, não importa

Jamais o que eu queira

Repito, prefiro a morte que vida torta

quero Tudo que o coração esmeira

Espero tê-lo um dia

Nem que seja aos 65 anos

Ou mais

Repito que me ame e ria ou quero o fim de meus planos

Não sei se isso é demais.

Amor ou Nada

Leva-me daqui

Eu não consigo mais esperar

Esperar é sofrer agora

Agora que eu descobri

que o sopro do vento diz seu nome

Vou te buscar além-mar

Além-mim

Além-vida se preciso

Só pra te dizer

Que me lembrei de você

Ficar aquela tarde chuvosa vendo alua

Se beijando

Mostrando a tudo que o amor existe

Sem isso não sou nada

Não saio daqui sem minha vida

Que é você

Sem ela estou o nada

Eu sei

Minha vida é você

E eu te amo

E eu só vivo aqui

Te sentindo perto

Então apenas sonho

Lá das nuvens

O sol vem sobre nós

Exatamento, nós

E ilumina nosso sorriso

É, sorriso

E vê nosso abraço

Até sente inveja do beijo

E tudo o mais

Acorodo e vou me procurar

Dentro dos seus olhos

No coração da sua alma

Onde está o seu amor por mim

Eu vou aonde precisar ir

Com o que eu precisar ter

Faço qualquer coisa

Pra ver seu sorriso intimante

Se abrir pra mim

Me dê a mão

E corramos juntos pro mar

Independência nos espera

E escravidão ao amor

Doce escravidão um ao outro

A verdadeira liberdade

E assim brilhamos

Só assim eu sei

Que serei uma pessoa feliz

Ninguém vai dizer o contrário

Todos vão nota rque a verdade

Só pode ser e é o amor

O amor

Apenas venha e me pegue

Não precisamos de comunicação

Não quando a alma se toca

Sim, me levante

Ou eu te levanto

Não me lembro quem começou

Mas lembor que voamos

E vimos lindos anjos

E presenciamos o paraíso

O próprio Éden

Ou não

Não importa, pois é o que senti

Não importa se era real

Real é o amor

Todos sabem disso

E o que importa é que estamos juntos.

Um Só

Me afogo aqui agora nesse coração

Que palpita por você

Grita e só eu ouço

E só eu sofro

Mas eu te amo

E esse sofrimento é bom

E é o amor

E isso é tão lindo!

Lábios que se tocam

Almas que se completam

Sorrisos que se encontram

Corações que saltitam de felicidade ou saudade

Calor enorme vindo de sol interior recém-constituído

Eternidade eterna

É o que espero viver

Ver na natureza seu rosto em todos os lugares

Sonhar que nosso sonho é por nós sonhado

Essas coisas que ninguém explica

Te dedico toda a minha vida

Todo o eu

Me sacrifico nessa vida

Vida minha é o amor a você

Nada mais

Nunca o nunca mais

Sempre te amarei

E você é meu mais tenro prazer

O mais refinado

E de todas as verdade, a única real é que és o único

Meu amor

Vamos nos afogar um no outro

Fazer o que duas outras pessoas jamais fizeram

Chegar onde se duvida que alguém mais chegou

Apenas chore por mim uma vez

Apenas me beije uma vez

Apenas sonhe conosco uma noite

Se emocione só hoje com minha presença

E isto será por toda a via

Par ao amor não há retorno

Sem portas, janelas ou frestas

Apesar da hermeticidade

O amor entra

Nada o pára

Nada os destrói

Sem você, porém

Ele sofre querendo só te sentir

Só estar perto de você

E eu sofro com ele

Eu e ele somos um

Ele e você são um

Então apenas por hoje, por agora

Não me deixe

Não nos deixe

Não se deixe.

Deixe-se amar

E então seremos nós mesmos

Felizes…

Amando.

Tudo

Há um sol radiante dentro de mim

Minha alma encontrou a sua

E nessse encontro um novo início se deu no universo

Porque quando sua alma encontrou a minha

As duas sorriram

Estão rindo eufóricas até agora

atraindo as mais positivas energias

Trazendo o calor de ser o que se deve ser

O calor incendiante da felicidade

Olho nos seus olhos e só vejo céu

Se olhar nos meus, é o que verá também

Pois em nosso íntimo só existe amor

Em nossa volta, tudo vive

Só há nós no mundo para a gente

Esse é o sentimento

Isso é a idéia por trás de viver

Encontrar a coisa mais simples

Que será a melhor

Simples como apenas dois fatores

Comot em que ser.

Então… eu te amo!

E então… você me ama!

Assim… nós nos amamos.

Isso é absolutamente tudo.

É exatamente o infinito,

em todos os termos.

E já que é amor

Só há felicidade.

Like a Lion

Tanto tempo esperado

Mas o tempo é arranjado

E eu preciso de nós

Nós necessitamos

E se precisar

Tantas nuvens lá no céu

Se tornam cheias e negras e caem

Mas meu coração tem uma força

E se precisar

Como um leão

Eu vou lutar

Não vou desistir

Desse brilho do seu olhar

Lute também, sem pensar antes ou depois

Lá em cima os ol brilha

Brilha tanto, é tão forte

Como o nós

Tantos raios do sol

Se irradiam

A lugar nenhum

Que poderiam iluminar

Nosso caminhp

Mas podemos ser a noss

própria luz

Luz dourada

Como um leão

Com meus dentes

E os músculos

Comas garras

E atitude

Como um leão

Vou lutar contra tudo

E essa luz

Luz dourada

Do dourado de meus pêlos

Sou um gato

Somos gatos

Mas juntos somos leões

Olhe dentro de meus olhos

Veja a ferocidade do prazer de te ver

E o sabor do amor, como um bel bife cru

Sou um leão, sou seu leão

E om uma raiva bem felina

Como um leão

Vou lutar por realizar

Pra pularmos lá no alto

E saltarmos tão longe

E tão alto, que o universo é infinito

Nossa força

É só nossa

É a força

Da escalada

Da coragem contra o medo

Isso é fé

Isso é felicidade E eu

Vou lutar como o leão que sou.

Não Um Amor, O Amor

Chegou a hora

Não vá embora sem dizer

Todas as ternuras

Que só podem ser

E é só o que pode ser dito por você

Não há o que você diga

Que a meus ouvidos seja indigno

E eu te resigno

Não vá embora após meu silêncio

Não abafe seu suspiro

Se é por você que eu respiro

E é a ti que eu vou ouvir sempre

Ou vá

Eu vou esperar

Até você se informar

Sobre o que quer informar

Sim ou não

Não vá embora após eu falar

E o que eu vou falar

Vou falar agora

Meu anjo

Só quero te ver feliz

Secar suas lágrimas

Na fonte

E não deixar que renasçam

Abrir seu sorriso

E mostrar que se pode ser feliz

Só quero fazer você feliz

Eu te amo, eu teamo, eu te

Não um amor, mas o amor

O sol se pôs

Nada se opôs

A você abrir seu sentimento

E nada irá impedir meu naufrágio

E nada irá impedir minha ascençao

Deus, eu lhe amo, Ele sabe

E tudo foge ao meu alcance

Eu sou o amor

E essa dor é vcê aqui

Sua presença aqui

Através da saudade

Diga se me quer ou não

Não vá embora após meu silêncio

Não diga sim a mim só por seu medo

Não vou ficar tão mal

Se é por você que eu respiro

E é a ti que eu vou ouvir

Espero que seja feliz

Como eu não vou ser sem você

Sempre

Não vá embora após eu falar

Não abafe a tua resposta

Porque eu sempre vou te amar

(Sempre)

Sempre e Nunca

Há este fogo ardendo aqui dentro

Esta chama hilariante

Que rí de minha dor

Talvez sempre nunca te encontre

Mas quero acreditar que o nunca sempre acaba

Parece, entretanto, que é um nunca eterno

Sentimento que oblitera minha alma

Esperança inabalável

Sempre existente temor, desesperança, tristeza

Nunca te terei perto de mim?

Parece que sempre nunca vou lhe ouvir dizer

O que tantas vezes proferi sozinho

E nunca o sempre será nós dois.

Sempre sentimento

Nunca acaba

Impedido a mim?

Sempre o nunca me atormenta

Nunca antes como hoje, sempre doloroso.

Sempre vou dizer que o que eu sinto por você é

Nunca houve nada que eu possa fazer como o meu

Além de sofre por ti sempre; e nunca você vais aber?

Amor (amor).