A Fuga

Preciso fugir
Me esconder
Ir para o fundo de algo que não é meu
Pois quando dentro de mim estou num limbo escuro de tripas

Aqui só há escuridão e lâminas
Por isso preciso de ficção
Por isso preciso ir para outros mundos
Viver as outras vidas
Fugir da minha

Afogar as minhas mágoas com vício pelas histórias de outrem
De ver, jogar, ler, cantar…
Assim posso ir mais longe
E suportar (não) viver

Preciso encontrar meus sonhos
Mas enquanto não encontro
Eu só posso me desatar de mim
Me içar numa trama
E me esquecer.