O Fator Eu

Desligar a culpa
Esquecer a auto-humilhação
E a comiseração

Apagar a ardência com um extintor
Preciso fazer isso pra poder continuar

Me perdoar
Me perdoar
Me perdoar me perdoar

As vezes em que fiz nada
E que depois quis ter feito

As vezes em que fiz coisas
Que depois achei meio ”méh”

Comprar um cachorro
E um cercado
Pra impedir os arrependimentos de tomarem meu cuore

Soldar as arestas
Moldar o futuro com base no que é bom do passado
E não das minhas cafagestagens comigo mesmo
E as trapaças com minhas chances

Me perdoar por já ter agido mal
Por ter sido um bully sem-querer
Por ter magoado…

Por não ter ajudado quando deveria
Ter sido egoísta
A ponto de achar que só eu importo

Então, Nim, me perdôa, por favor!

Anúncios