Mãe…!

Mãe
Algo que eu sempre quis
E tive sem pedir
Incrível ganhar um presente tão grande sem nem me esforçar!
A palavra que em si traz vida
Criatura dona do mundo
Pois sem ela não existiria humanidade
O ser que torna possibilidades em pessoas
Mãe
Amor
Como separar dois conceitos que nasceram juntos?
Nascer
Criar
Como artista crio
Por isso amo aquela que faz nascer
Ah, e como amo!
Só por ela posso amar
Porque por ela pude existir
Mamãe
É impossível ser bom o bastante pra ela
E mesmo assim…
Pra ela sou mais do que bom (como pode?!)
Por isso o mínimo
Que posso fazer
Pra honrar esse amor
Essa força divina
É dizer que te amo
E, então…
Ser o melhor que eu puder ser.
Ah, mãe!